Modafinil e esportes - uma nova conquista?

Modafinil é um medicamento estimulante, utilizado para o tratamento de distúrbios do sono, como narcolepsia (sonolência excessiva) e descanso irregular (como os de quem trabalha em turnos de revezamento). Todavia, nos últimos anos, ele adquirido popularidade como um medicamento de incremento de performance (MIP) para atletas.

A utilização de MIPs é polêmica nos esportes, com muitos especialistas desaconselhando seu uso, por apresentar um risco imenso à saúde e proporcionar uma vantagem desleal àqueles que competem. Então, eis a questão: modafinil é um MIP?

Primeiramente, é importante entendermos como modafinil age no cérebro. Modafinil é uma substância eugeroica, ou seja, ele nos deixa em estado de alerta ao estimular nosso sistema nervoso. Ele faz isso ao aumentar os níveis de vários neurotransmissores no cérebro, tais quais a dopamina, noradrenalina e histamina, que são responsáveis por regular nosso estado de alerta, humor e capacidade cognitiva..

Por isso modafinil tem demonstrado excelentes resultados na melhora da capacidade cognitiva, inclusive em termos de capacidade de atenção, de memória e de planejamentos de longo prazo. E pode até melhorar nossa velocidade de reação e processos de tomadas de decisão. Isso tem levado alguns atletas a usar modafinil para melhorar sua performance em campo.

top

Provigil Generic

top

Modafinil

top

Waklert (Armodafinil)

Realmente, alguns estudos indicam que modafinil também melhora a capacidade física. Por exemplo, uma pesquisa publicada no Journal of Psychopharmacology descobriu que modafinil melhora nossa capacidade de arranque (o início de uma corrida) e resistência física. Outro estudo revelou que modafinil melhora é capaz de melhorar a performance de jogadores de futebol, por exemplo.

Contudo, é importante ressaltar que os efeitos físicos de modafinil, no que diz respeito ao aumento de performance, podem variar segundo alguns fatores, como o esporte que se pratica, a idade, o sexo e o condicionamento físico do indivíduo. Além disso, os estudos citados acima são pequenos, carecem de uma amostragem em larga escala, então outros estudos são necessários para comprovar os efeitos de modafinil na capacidade física.

Mas, ainda que modafinil aumente de fato a capacidade física, ele continuará banido por várias organizações esportivas, inclusive pela Agência Mundial Antidoping (WADA em inglês). A WADA considera modafinil um estimulante, por isso proibe seu uso no cenário competitivo.

O potencial risco à saúde que advém do uso de modafinil também o faz uma opção polêmica para os atletas. Os efeitos colaterais mais comuns são dores de cabeça, enjoo e insônia. Além disso, efeitos mais graves, como dores no peito e reações alérgicas, podem acontecer. Por fim, modafinil pode ser viciante, o que pode levar, por sua vez, a problemas de saúde mais graves.

Em suma, ainda que modafinil possa ser um MIP e haja estudos demonstrando aumento da capacidade física e cognitiva, ele continua sendo uma substância banida por várias organizações esportivas e também apresenta riscos à saúde. Atletas devem considerar os prós e contras antes de decidir utilizar modafinil ou qualquer outro MIP. Além disso, tais organizações devem seguir monitorando modafinil e outras substâncias, para garantir a igualdade e a honestidade em competições esportivas, para todos.

Artigos Relacionados

Produto Relacionado

top

Modafinil

top

Modafinil

top

Modalert

top

Waklert

top

Vilafinil

top

Modvigil